Image Map
Blog: Anime Shoujo / Sigla: AS
Desde: 30/03/2012
Tema: Puella Magi Madoka Magica
Dona: Thays Ramos
Post: 1906
Comentários: 8500
Visualizações: 3.234.147

10.10.13

Acampamento de Guerreiros: Capitulo 7


Bom como prometido, consegui postar até o capitulo  de numero
7 espero que estejam curtindo a historia...
Essa trama terá 20 e poucos capitulos....
Espero que curtam ate o fim....



Capítulo 7:VII


Fataliz e Nabucodo ainda estavam meio assustados com a atitude de Luna.
*Pensamento de Fatliz* Quem diria que uma feiticeira tão linda e delicada como ela escondia uma guerreira em seu interior...

*Pensamento de Nabucodo* Sexy, atraente, esperta... E ainda por cima guerreira?! Que mulher...

Os dois pararam quando Luna saiu da barraca de Nabucodo carregando uma caixinha de madeira.

Fataliz-O que é isso?

Luna- Uma caixa com curativos, poções... (Luna pega uma poção e um pote com algo meio pastoso e vai em direção ao braço de Fataliz) 

Nabucodo- (pegando o que Luna estava segurando e botando no chão) Ele se vira... Mas eu, por outro lado, preciso de suporte.

Luna- Mas...

Nabucodo- Venha. (abraça Luna e a conduz até sua barraca)

Fataliz- (resmungando) esse Nabucodo.... Está passando dos limites!

_-_-*Na cabana de Nabucodo*-_-_
Luna- (tentando enfaixar o braço de Nabucodo) Fica quieto!

Nabucodo- Não dá... (deixa o braço de lado e encurrala Luna no fundo da barraca) você... É muito... Atraente...

Luna-(vermelha) e o que isso tem a ver?!

Nabucodo- (aproximando a boca da de Luna) tem a ver, que eu... estou gostando de você...

Os lábios de Nabucodo estavam roçando nos de Luna (exatamente como tinha acontecido com Fataliz). Luna tentou empurrar Nabucodo, mas ele era ainda mais forte do que aparentava. Então ela virou o rosto para o outro lado.

Luna- senhor...

Nabucodo- você não precisa me chamar de senhor... (toca o rosto de Luna) Pode me chamar de...

Luna- (Vira-se e afasta a mão de Nabucodo) Não, obrigada. Vou continuar chamando você de senhor... Mas, (se levanta e sai da barraca, completa virando-se para Nabucodo) não com o mesmo respeito e admiração.

Luna sai da cabana de Nabucodo e vai até Fataliz, que ainda estava tentando descobrir o que era aquela pasta dentro daquele pote.
Luna- (pegando o braço de Fataliz e observando a ferida) Quer ajuda?
Fataliz- Obrigado... Ia ficar aqui até amanhã.

Luna mantinha a cabeça baixa o tempo todo enquanto fazia o curativo de Fataliz. Mas ele não era burro, sabia que tinha acontecido alguma coisa.
Fataliz-(levantando a cabeça de Luna, obrigando-a a olhar para ele) Você vai me dizer ou eu vou ter que descobrir sozinho?
Luna- D-dizer o-oquê?!
Fataliz- não finja que não sabe... Dá para ver.
Luna- (rindo sem graça) você é muito esperto... (termina de fazer o curativo e se levanta) eu vou dar uma volta.


Fataliz segura o braço de Luna, que para e o encara com aqueles olhos de um azul tão penetrante que pareciam duas pedras preciosas. Ele se levantou e pôs a mão na face de Luna.
Fataliz- Eu vou com você.
Luna- N-não precisa... Quer dizer, o seu braço está...
Fataliz- Claro que precisa. Esqueceu que estão tendo guerras por toda Pan Gu?! E quanto ao meu braço, não se preocupe, eu ainda tenho força o suficiente para derrubar um guerreiro!


Luna sorriu timidamente para Fataliz, que passou o braço por seus ombros e lhe deu um beijo na testa


4 comentários:

  1. Luiza só terminar um trabalho que eu to fazendo e eu leio a sua fanfic, tá!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. oooootimo, esse Nabu e pra frente.... quer furar o olho do amigo, mas num to dizendo...
    beijinhos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs, ele é ele é bem r frente mesmo rs

      bjinhos

      Excluir

Deixe os seus comentários mais parecido com o seu jeito,use os emoticons do AS e se divirta comentando...

Bjinhos :**

001   002   003   004   005   006   007   008   009   010   011   012   013   014   015   016   017   018   019   020