Image Map
Blog: Anime Shoujo / Sigla: AS
Desde: 30/03/2012
Tema: Puella Magi Madoka Magica
Dona: Thays Ramos
Post: 1906
Comentários: 8500
Visualizações: 3.234.147

15.11.13

Acampamento de Guerreiros: Capitulo: 14



Yoooo minna, como vão espero que estejam  bem...
Desculpe estar sumida, tava com muitos trabalhos para fazer afinal ja é final de ano então,
muitos professores exageram um pouco... Mas enfim ai vai mais um capitulo da trama que ja está chegando ao fim espero que gostem...
Capitulo: 14


Fataliz e o soldado acordam pouco antes de amanhecer e recolhem seus pertences do local. Seguem viajem e, cerca de 4 dias depois, conseguem chegar ao castelo antes da festa começar.
Fataliz- *olhando o castelo.* Nossa... É bem grande...
Soldado- *olha rapidamente para o castelo* É... Vamos entrar. *Desce do cavalo e vai andando em direção ao estábulo* Venha, vamos guardar os cavalos no estábulo e depois entrar para falar com o mestre.
Fataliz- *descendo do cavalo e indo para o estábulo* Ok.

Fataliz guarda o cavalo no estábulo e se encaminha ao castelo. Eles estavam próximos a um pomar quando o soldado parou de andar, obrigando Fataliz a parar também, e ficou olhando para uma garota de vestido azul que estava um pouco mais a frente, com um vestido azul turquesa.
Soldado- Ela é linda, não é?!
Fataliz- Quem é ela?
Soldado- Infelizmente, ela é a única pessoa com quem não podemos pensar em ter alguma coisa... Ela é a noiva do nosso mestre.
Fataliz- Agora entendo por que se aproximar dela seria violar uma regra. *ri* Seu mestre é um cara de sorte...
Soldado- É... Agora vamos indo, nosso mestre está nos esperando na sala de prêmios.

Fataliz segue com o soldado até a sala de prêmios. Lá havia várias cabeças das mais diferentes criaturas: desalmados, monstros, animais comuns, animais lendários... Tirando esses “troféus”, a única coisa que tinha na sala eram duas poltronas que ficavam de frente para a lareira e uma caixa de madeira.
Soldado- *se dirigindo à pessoa que estava sentada de costas para eles* Senhor, eu cumpri minha missão. Eu trouxe Fataliz até vosso castelo e já ensinei todas as regras à ele.
Mestre- Muito bem soldado, agora deixe-nos a sós para que possamos conversar.
Soldado- Sim, senhor. *vira-se e sai da sala*

O homem que estava sentado na poltrona se levanta e, sem se virar, começa a falar com Fataliz.
Mestre- Então você realmente veio... *ri* Sabia que você não resistiria a uma proposta como a minha.
Fataliz- Eu não vim pela riqueza, senhor. Eu vim pelo prazer de ajudá-lo a acabar com todos os desalmados que ousarem sair de suas tocas e atacar inocentes.
Mestre- Entendo por que ela gosta de você. Ou, melhor dizendo, GOSTAVA de você! *ri alto e se vira para Fataliz*
Fataliz- Mas o que.... *vê o rosto dele* Kyou?! 
Kyou- Surpreso?
Fataliz- Por que você me chamou aqui?!
Kyou- Você não é o único a não gostar disso! Acontece que perdemos muitos homens na última batalha e precisávamos de mais gurreiros. O Salovar, aquele guerreiro que te trouxe até aqui, viaja por Pan Gu buscando guerreiros fortes e de sangue frio. Ele ouviu falar de você e te trouxe até mim.
Fataliz-....
Kyou- Agora vá. Tenho que terminar de fazer umas anotações e você tem mais o que fazer.
Fataliz- Mais o que fazer?
Kyou- Fale com Salovar. Ele vai te explicar tudo.
Fataliz- E se eu não...
Kyou- Agora!

Fataliz virou-se para a porta e, quando ia abri-la, viu a mesma garota que ele vira no jardim abrir a porta e entrar na sala.
garota- Kyou, eu preciso que você... *olha para Fataliz*
Fataliz- *quase sussurrando* Luna....

Por um segundo, os olhos de Luna brilharam de alegria e ela sentiu vontade de pular em cima de Fataliz. Mas ela se lembrou de tudo o que ele disse a ela pouco antes de ela partir, e sua expressão mudou... Ela ficou séria e com uma expressão fria... Fataliz não a reconhecia mais.
Kyou- Fale amor, o que você precisa?
Luna- Eu preciso que você me entregue aquela espada do meu pai. É uma tradição pôr a espada na pedra da morte em toda comemoração.
Kyou- Tudo bem querida, *pega uma espada de dentro da caixa de madeira* tome. *entrega a espada à Luna*
Luna- *pegando a espada*Obrigada Kyou.
Kyou- *puxando Luna e beijando o canto de sua boca* Cuidado para não se machucar. Essa espada é muito afiada.

Luna cerra os pulsos e sai da sala, indo em direção ao jardim. Fataliz vai atrás dela, mas é interceptado pelo braço de Salovar.
Salovar- Vamos lá. Você tem que se arrumar para a festa...
Fataliz- Essa festa não é só para os moradores do castelo?
Salovar- Não. *ri* Essa é uma das festas que foram feitas especialmente para os guerreiros relaxarem um pouco e esquecerem, pelo menos por uma noite, que vivem numa guerra podendo morrer a qualquer segundo.
Fataliz- Hum...
????- Você é o novo guerreiro?

Fataliz se vira e dá de cara com uma garota de olhos cor de mel e cabelos loiros. Ela usava um roupão de seda e um batom vermelho vibrante.
Fataliz- Sim. Por que?
????- Meu nome é Mykaille. Mas me chame de Myka.
Fataliz- Prazer Myka. Sou Fataliz.
Myka- Eu sei. *risinho*
Salovar- Myka foi designada para lhe servir. Ela já sabe algumas coisas sobre você.
Fataliz- Como assim “me servir”?
Myka- Tudo o que você precisar, não importa o que seja *morde os lábios e olha maliciosamente para Fataliz* você pode me pedir...
????- Salovar! Enry está lhe chamando para alimentar o Cão do Inferno!
Salovar- *dirigindo-se a Fataliz e Myka* Se me dão licença, vou alimentar o “bichinho de estimação” do Mestre.

Salovar sai e deixa Myka e Fataliz sozinhos no corredor. Myka puxa Fataliz pelo braço e o leva para um quarto no fim do corredor. 
Myka- Sua roupa está dentro daquela caixa *aponta para uma caixa próxima de uma porta* Mas... *vai tirando o roupão* ...você não vai se vestir agora, vai?

Myka deixou o roupão cair a seus pés, revelando uma lingerie preta que não escondia praticamente nada, e pousou as mãos no peito de Fataliz, ameaçando tirar sua blusa.

Myka- Ainda temos algum tempo antes da festa começar e...
Fataliz- Com licença... *pega o roupão do chão e bota sobre os ombros de Myka* Mas tenho que me vestir agora.
Myka- Tudo bem... *vai até o armário e tira um vestido vermelho* Também tenho que me arrumar. 

Fataliz procura algum lugar para se trocar mas, quando percebe que Myka estava seminua se vestindo a seu lado, entende que teria que trocar de roupa ali mesmo. 
Myka- *agora já vestida* Você pode amarrar para mim?
Fataliz- err... tudo bem. *amarra vestido*
Myka- *se virando e beijando Fataliz* Obrigada. *saindo do quarto* Te espero lá embaixo.

Até kissus

Nenhum comentário:

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010 011 012 013 014 015 016 017 018 019 020

Postar um comentário

Deixe os seus comentários mais parecido com o seu jeito,use os emoticons do AS e se divirta comentando...

Bjinhos :**