Image Map
Blog: Anime Shoujo / Sigla: AS
Desde: 30/03/2012
Tema: Puella Magi Madoka Magica
Dona: Thays Ramos
Post: 1906
Comentários: 8500
Visualizações: 3.234.147

15.11.13

Acampamento De Guerreiros: Capitulo 17


Bom meus lindos a cada capitulo que se passa, vem mais revelações 
Afinal o que será que os espera no ultimo capitulo, gostaria tbm de saber o que estão achando da historia. Bom mais um capitulozinho pra vcs....




Capitulo 17


Kyou-*ainda com o braço enfaixado e uma grande faixa em seu tronco*Luna!
Luna- *vestindo um roupão branco, os cabelos e corpo ainda molhados*hai?
Kyou- Estava pensando... Nós temos que sair daqui desse castelo. Ainda mais agora que ele está destruído, estamos totalmente vulneráveis.
Luna- Eu também pensei isso... Apesar de eu ter passado toda a minha infância nesse castelo, sinto que aqui a vida de todos nós está correndo risco.
Kyou- No jantar vou informar nossa decisão aos outros. *Fica um tempo olhando para Luna de roupão a sua frente* Você conseguiu achar alguma roupa sua?
Luna- Não. Quer dizer, não inteira. Estão todas queimadas ou rasgadas.
Kyou- espere aí. *sai e volta com uma camisa branca nas mãos* Vista isso. É só temporário... Assim que passarmos em uma cidade eu compro roupas decentes para você.
Luna- Arigatou. Mas, e você? Vai ficar sem camisa?
Kyou- é até melhor, assim os ferimentos não ficam tão abafados. *fica alguns segundos em silencio* vou deixar você se vestir. Qualquer coisa estarei no que sobrou do meu quarto.
Luna- hai.

Luna vestiu a blusa de Kyou. A blusa ficou até a metade de sua coxa, Luna a abutuou e penteou os cabelos. Luna não fez o habitual rabo de cavalo, dessa vez ela deixou os cabelos soltos e com uma franja lateral sobre o olho direito. Calçou sua bota preta e arrumou a cama onde durmira.
Luna saiu do quarto onde estava e ficou andando pela parte do castelo que havia sido mais destruída. Passou pela cozinha. Pelo refeitório onde os soldados se alimentavam. Até que finalmente ela parou, em frente a antiga sala de seu pai.
Luna entrou, passando por cima do que restou da parede e foi desviando dos destroços que estavam pelo chão. Pegou um caderno preto que estava parcialmente queimado e sentou-se sobre um pedaço de madeira.
Luna- *passando a mão sobre a capa do caderno* Ah papai... *Luna abriu o caderno e ficou lendo as anotações do pai, a cada palavra que lia, Luna sentia um aperto maior em seu peito* Eu só queria poder voltar no tempo... Para aproveitar melhor o tempo que eu passei com você... *Lágrimas começaram a escorrer pelo rosto de Luna* 
Luna continuou ali sentada chorando durante algum tempo. Até que ela se levantou e decidiu ir conversar com alguém. Passou pelo quarto de Myka, ela parecia estar dormindo. Passou pelo de Salovar, mas ele não estava lá.
Luna parou entre o quarto de Fataliz e o de Kyou. Ela não queria falar com Fataliz. Tinha medo de não conseguir esconder o que sentia por ele e acabar agarrando-o. Ela pôs a mão na porta do quarto de Kyou, mas o desejo de ver Fataliz foi maior e ela acabou entrando no quarto dele.
Fataliz- *virando-se para a porta* Luna? 
Luna- Oi... *forçando um sorriso de canto de boca* Fataliz...
Fataliz- Sim?
Luna- eu... bem, eu... *LUna deu um longo suspiro* ...esqueça.
Fataliz- *puxou o braço de Luna, obrigando-a a sentar-se em seu colo* Luna... 
Luna- Fataliz, eu não pos...

LUna foi interrompida pelo beijo que Fataliz lhe deu. LUna tentou resistir, mas o desejo foi mais forte e ela acabou retribuindo o beijo. A mão de Fataliz agarrou o pescoço de Luna, Luna o empurrou para a cama. Os dois caíram sobre a cama bagunçada de Fataliz. Os beijos ficando cada vez mais quentes e urgentes. Uma mão de Fataliz desceu até a cintura de Luna, enquanto a outra continuava segurando seu pescoço. Luna sentou-se sobre o abdômen de Fataliz, ela estava sorrindo enquanto buscava ar. Ele sorriu de volta, agora com as duas mãos segurando a cintura de Luna.
Luna- Fataliz...
Fataliz- *puxando o corpo de Luna de volta para o seu* Shh... Depois você me fala...

Luna sorriu e voltou a beijar Fataliz com ainda mais desejo que antes. As mãos dele foram rapidamente abrindo os botões do blusão que Luna estava usando como vestido. Fataliz tirou a blusa de Luna e a jogou para o lado, admirou-a enquanto ela se levantou rapidamente para poder respirar: o rosto rubro, o sutiã preto apertado (que consequentemente deixava Luna ainda mais sexy), os cabelos ainda úmidos colados em sua testa devido ao suor... Ela era linda. 
Luna se deitou ao lado de Fataliz, que virou-se para ela acariciando seu rosto.

Luna- Fataliz... Eu acho que não deveríamos fazer isso. Vai que...
Fataliz- *calando Luna com um beijo* Você pensa demais...

Fataliz puxou Luna de volta para ele, dessa vez, ele ficou por cima dela, prendendo-a em seus braços. Fataliz beijou o pescoço de Luna, desceu para sua barriga, suas pernas e depois finalmente voltando e parando em seus seios (na parte que ficava a mostra no sutiã). As mãos de Fataliz eram rápidas, Fataliz rapidamente retirou o sutiã de Luna, que tentou esconder os seios com uma das mãos. 
Fataliz- O que foi?
Luna- E-eu... *ela sacudiu a cabeça e se levantou, botando o sutiã e virando-se de volta para Fataliz* Ainda não. Eu não estou pronta ainda...
Fataliz- *Olhando para uma Luna seminua em sua frente, e dando um sorriso de canto de boca* Tudo bem... Eu espero. *Fataliz pegou a blusa de Luna do chão e colocou nela. Demorando o máximo que podia para abotoar cada botão.* 
Luna- Vou comer alguma coisa. *Luna deu sorrisinho e saiu do quarto*

Luna- *pensando enquanto caminhava até as árvores no jardim* Meu deus... Por que eu estou tão nervosa?! Por que eu saí daquele quarto?! Eu amo o Fataliz... Mas, eu fiquei... Com medo... Por que?!

Luna estava tão distraída que acabou esbarrando em Myka, que agora já estava com o braço melhor (graças a uma poção que Mirah tinha). Myka estava usando um vestido branco quase transparente.
Myka- Oi... Está indo para o jardim?
Luna- Hai. 
Myka- Os morangos estão deliciosos. 
Luna- Obrigado pela dica, Myka. Vou comê-los então. *Mirah sorriu e foi em direção aos morangos*


_-_-*Enquanto isso no quarto de Fataliz*-_-_
Myka- *entrando no quarto*Fata?
Fataliz- *deitado, olhando para o teto* Quem é?
Myka- Sou eu,Myka, estava dormindo?
Fataliz- Não... * se sentando na cama* Aconteceu algu..

Fataliz parou de falar quando olhou para Myka. Ela estava usando um vestido quase transparente, possibilitando assim, que Fataliz visse a lingerie vermelha que ela usava. Fataliz ficou meio espantado durante alguns segundos.
Myka- Que foi? *Se sentando ao lado de Fataliz* Gostou da roupa?
Fataliz- ...
Myka- *empurrando Fataliz na cama, deitando-se sobre ele e atacando-o com beijos* 
Fataliz- Myka espere... Eu...

Fataliz foi interrompido pelos beijos de Myka. 


_-_-*No jardim*-_-_
Luna- *comendo o terceiro morango* Esses morangos estão realmente muito bons...
Salovar- *Que tinha acabado de chegar* Morangos? A senhora também gosta? 
LUna- Estão deliciosos... Salovar, você pode me fazer um favor?
Salovar- Sim senhora. 
Luna- *rindo* Pare de me chamar de senhora. Me chame de Luna. Ok?
Salovar- Sim senho... *dá uma tossidinha* Luna.
Luna- Obrigada.
Salovar- Luna, você viu o Fataliz? Procurei ele em todo canto, e o quarto dele estava todo destruído devido a guerra. Não sei onde ele se enfiou.
Luna- Ele trocou de quarto hoje pela manhã. Venha, eu te levo até lá. 

Luna pegou mais alguns morangos na mão e foi caminhando até o quarto de Fataliz. Luna deu três batidinhas e abriu a porta. Luna e Salovar ficaram boquiabertos com a cena que viram. Quer dizer, a LUNA ficou boquiaberta, né?
Myka estava só de lingerie em cima de Fataliz. Os dois se beijavam loucamente, da mesma forma que Luna beijara Fataliz momentos antes.
Luna- err... Com licença.
Fataliz- *empurrando Myka para o lado* Luna!
Luna- *a cabeça baixa* Fataliz, Salovar quer falar com você. *Luna sai do quarto*
Salovar- Se eu estiver atrapalhando, posso falar com você depois...
Fataliz- Não. *bufando de raiva* Pode falar, Myka já está de saída.
Myka- Estou?
Fataliz- Está.

Myka dá de ombros e sai do quarto também. 
Salovar entra e começa falar com Fataliz sobre os possíveis lugares onde eles (todos) podem se abrigar, afinal, não podem ficar naquele castelo.

Luna- *entrando no quarto de Kyou, tentando disfarçar os olhos e o nariz vermelhos*
Kyou- Que foi meu amor? O que aconteceu?
Luna- Nada... *forçando um sorriso* Nada não. Trouxe alguns morangos, estão uma delicia.
Kyou- *olhando para Luna e sorrindo* Arigatou. Estava com fome... Como você adivinhou que eu gosto de morangos?
LUna- *dando de ombros e pondo um morango na boca de Kyou* Não sei... *se senta no colo de Kyou, que estava sentado numa poltrona lendo um livro*
Kyou- *dando um beijo no pescoço de Luna* Você está linda.
Luna- *se virando e beijando Kyou* Arigatou.

Kyou ficou meio surpreso por Luna estar sendo tão carinhosa com ele.
Luna- *pensando* Tenho que esquecer o Fataliz. Não quero mais desperdiçar meu amor com quem não me ama. *olhando para Kyou, ainda pensando* Tenho um noivo maravilhoso... Deveria agradecer por isso. De hoje em diante também serei uma noiva maravilhosa... Ou pelo menos tentarei... Já que eu sinto que não esquecerei Fataliz tão cedo. 
Luna deu mais um beijo em Kyou. Continuariam ali, se não tivessem sido interrompidos pelas batidas na porta.
Luna- *sentando-se na mesa que estava ao lado de Kyou*
Kyou- Entre.
Salovar- Com licença senhor, eu gostaria de lhe comunicar que já encontramos um outro lugar para ficarmos. É numa pequena cidade aqui perto.
Kyou- Muito bem soldado... Vá para o jardim, daqui a pouco eu já estou indo, quero que você me conte mais.

Salovar fez uma pequena reverencia e saiu. Kyou se levantou, e deu um beijo em Luna.
Kyou- Tenho que ir...
LUna- Tudo bem. Vou ler um livro, faz tempo que não leio...
Kyou- *caminhando até a porta* 
Luna- *abrindo a porta para Kyou* Você quer que eu avise aos outros?
Kyou- *já do lado de fora do quarto* Não precisa... Pode ir ler o seu livro. *Puxa Luna para o meio do corredor e lhe dá mais um beijo* Talvez eu vá até a cidade, você quer que eu traga algo? Além de uma roupa descente, é claro.
Luna- não tudo bem.

Kyou foi andando até o jardim. Fataliz que observara toda a cena (até o beijo) caminhou até Luna e a puxou pelo braço.
Fataliz- Por que você fez aquilo?
Luna- O que?
Fataliz- Por que você o beijou daquele jeito?! Você não disse que esse casamento tinha sido armado?!
Luna- E foi armado. Acontece, que eu cansei de ficar com pessoas que não gostam de mim e o Kyou...
Fataliz- Quem disse que eu não gosto de você?! 
Luna- Eu vi. Você fazendo com a Myka a mesma coisa que estava fazendo comigo, beijando com a mesma intensidade, concentrado da mesma forma...
Fataliz- Ela me agarrou!
Luna- *caminhando para dentro do quarto de Kyou* E você gostou! Você retribuiu todos os beijos dela!
Fataliz- *acompanhando-a* Eu não gostei! Eu prefiro mil vezes ficar com você do que transar com ela!
Luna- Você transou com ela?!
Fataliz- Não! 
Luna- Então por que usou essa palavra?
FAtaliz- Sei lá... *empurrou Luna contra a parede* Escuta, eu te amo Luna. Sempre te amei, desde o primeiro momento em que eu te vi! E...
Luna- *segurando as lágrimas* chega de mentiras! 
Fataliz- *soltando Luna de seus braços* Luna, escute.... *Fataliz ficou alguns segundos em silencio e sacudindo a cabeça, completou* Quer saber, esqueça! Você não vai acreditar mesmo... Para que perder tempo com uma pessoa idiota como você?!

Fataliz saiu do quarto de Kyou e deu um soco na parede do corredor. Como ele podia ter sido tão idiota...

Nenhum comentário:

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010 011 012 013 014 015 016 017 018 019 020

Postar um comentário

Deixe os seus comentários mais parecido com o seu jeito,use os emoticons do AS e se divirta comentando...

Bjinhos :**